Grandes armas enfrentam duros testes com a retomada das eliminatórias da Copa do Mundo na quinta-feira

Brasil e Argentina esperam evitar mais interrupções quando as eliminatórias para a Copa do Mundo forem retomadas na quinta-feira na América do Sul.

O jogo entre os dois rivais em São Paulo no mês passado foi suspenso logo após o início, depois que um oficial de saúde brasileiro entrou em campo para remover quatro jogadores argentinos que ele considerava que deveriam estar em quarentena devido aos protocolos do Covid-19.

Ambas as equipes conquistaram vitórias em seu segundo jogo daquela janela internacional para se manterem em busca de uma vaga no Catar.

E cenas semelhantes devem ser evitadas quando o Brasil, que lidera a classificação, visita a última colocada Venezuela e a segunda colocada Argentina viaja a Assunção para enfrentar o Paraguai.

Desta vez, os jogadores da Inglaterra foram autorizados a viajar para a América do Sul, apesar das rígidas restrições Covid-19 da Grã-Bretanha.

Os jogadores da Premier League terão que mostrar que foram totalmente vacinados para evitar um período de quarentena de 10 dias após o retorno aos seus clubes.

Também na quinta-feira, o terceiro colocado Uruguai receberá a Colômbia. O Equador, na quarta colocação, enfrenta a Bolívia e o Peru, que recebe o Chile.

O Brasil tem 24 pontos e a Argentina 18 em oito partidas. Seguem Uruguai (15), Equador (13) e Colômbia (13), mas todos disputaram nove partidas.

Casemiro Ferido

Uma vitória na Venezuela colocaria o Brasil à beira da qualificação para o Catar, mas o técnico Tite pode não ter um titular importante. O meio-campista Casemiro está lesionado, sendo Fabinho, do Liverpool, seu provável substituto.

Fabinho é um dos vários jogadores que atuam na Inglaterra, incluindo o goleiro Ederson, o zagueiro Thiago Silva e o atacante Gabriel Jesus, que não puderam jogar na janela internacional anterior devido à pressão de seus clubes da Premier League.

Jesus, que não joga pelo Brasil desde as quartas de final da Copa América, foi amplamente criticado em casa após a última Copa do Mundo na Rússia, quando não marcou um único gol. O Brasil perdeu para a Bélgica nas quartas de final, mas Jesus disse que já pensa em se redimir no Catar. “Não acho que vou apagar 2018, mas vou escrever outra história”, disse Jesus em uma entrevista coletiva na terça-feira. “Agora temos um novo grupo.”

Estratagema defensivo

A equipe bem organizada e defensiva do Paraguai tem dificultado muitas vezes a seleção argentina de Lionel Messi. A Argentina conseguiu derrotar o Paraguai por 1 a 0 na Copa América, mas os quatro jogos anteriores resultaram em três empates e uma vitória do Paraguai.

Espere outro jogo difícil para a Argentina na quinta-feira, com o técnico paraguaio Eduardo Berizzo um argentino já tendo dito que usará uma defesa cinco para parar Messi e companheiros de equipe.

O técnico da Argentina, Lionel Scaloni, mantém grande parte da seleção que conquistou a Copa América em julho, o primeiro título importante do país em 28 anos e o primeiro de Messi pela seleção nacional. “Há uma base de 80 ou 90 por cento que se repete neste time”, disse Scaloni.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *